top of page

Dez Dicas sobre Aposentadoria no Reino Unido

Atualizado: 4 de jul. de 2023



Confira 10 dicas sobre aposentadoria no Reino Unido:


1) Verifique qual seria a idade mínima em que, tendo contribuído o suficiente, poderia se aposentar no UK (state pension):


2) Veja a previsão de valor que receberia no UK, tendo em vista tempo de contribuição:


3) Programe-se para preencher eventuais espaços (gaps), fazendo assim com que conte mais tempo de contribuição;


4) Considere contribuir também no Brasil, respeitando devidas regras aplicáveis para não residentes;


5) Contribua também para o private pension via seu empregador, maximizando a contribuição do empregador; há diversas vantagens fiscais para estes investimentos;


6) Verifique se todo o benefício fiscal dos seus investimentos na pensão proporcionada pelo empregador já foram considerados. Em alguns casos, dependendo da contribuição e do salário da pessoa, nós pedimos a restituição de impostos em Self Assessment Tax Return;


7) Considere consolidar diversos fundos de pensão privados (de empregos anteriores) em um, para que possa acompanhar devidamente;


8) Faça um planejamento levando em conta Brasil/UK e país onde pretende residir após aposentadoria;


9) Ao deixar de residir no UK, considerar deixar private pension investido no UK ou transferir devidamente para investimento em outro país. Em relação à pensão do governo (state pension), considerar quanto e se receberá ao residir fora do UK;


10) Busque auxílio profissional, de financial advisor independente, para criar um portfólio de investimentos de acordo com sua necessidade; não tenha receio de consultar vários profissionais qualificados e independentes.




Para mais informações e dúvidas sobre aposentadoria no Reino Unido, agende uma consulta.

1.472 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment


Ola. No caso da opção 4, se declararmos não residente no Brasil, podemos continuar contribuindo para o INSS?

Like
bottom of page